Lembrar-me
A senha será enviada por e-mail para você
Por favor digite seu usuário ou endereço de e-mail. Você receberá um linkpara criar um nova senha via e-mail
Cancelar
Filmes Gays e Séries Gays

C.R.A.Z.Y. – Loucos de Amor

C.R.A.Z.Y.    

Legendado 127 Minutos ComédiaDrama

8.0
IMDB: 8.0/10 25,420 Votos

, , ,

38 wins & 7 nominations.

Canada

8193

Reportar erro

No dia 25 de dezembro de 1960, Zachary Beaulieu vem ao mundo. É o 4º entre 5 irmãos, todos meninos. A infância de Zachary é marcada pelos aniversários natalinos em que seu pai, invariavelmente, encerra a festa imitando Charles Aznavour. Sua adolescência traz a descoberta de uma sexualidade diferente e sua negação profunda para não decepcionar a família. E a maturidade, enfim, chega com uma libertadora viagem mística por Jerusalém, a cidade que sua mãe sempre sonhou conhecer.

No links available
No downloads available

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

7 Comentários

  1. Serginho disse:

    Filme maravilhoso!

  2. Ricardo disse:

    Bom filme.

  3. Ignoto disse:

    Ótimo Filme. Recomendo.

  4. Philip Luiz disse:

    Ótimo Filme já assistindo, tudo adolescência da vida.

  5. Lucas disse:

    não está funcionando ambos os links

  6. hugo disse:

    Creio que se trata do melhor filme de temática gay que já vi. De certa maneira, me identifiquei com Zachary em sua fase de descoberta e negação de sua sexualidade na adolescência. Foram anos negando a si mesmo para agradar a família (em especial seu pai conservador – parece uma personagem clichê, mas na verdade não) e aos demais até que por fim, mais maduro, decide ser quem ele realmente é. Este drama traz uma história que retrata fielmente o que muito de nós gays passamos, sentimos, vivemos. etc., de tal maneira que parece que mergulhamos e vivenciamos o drama de Zac. Creio que a grande “mensagem” deixada pelo filme é a de que o melhor caminho é a autoaceitação; sermos quem realmente somos, não importando quão conservadores possam ser nossa família e a sociedade. Temos o direito de sermos felizes ao fim e ao cabo. Além de uma história maravilhosa, o filme conta com atuações impecáveis, uma fotografia incrível e uma ótima trilha sonora (Pink Floyd, Rolling Stones, The Cure)… Por fim, não deixem de assistir esse filme.

Você poderá gostar