Filmes Gays e Séries Gays

Encantada Do Brega

14 Minutos BrasileiroComédiaCurtas

IMDB: /10 Votos

Brasil

4213

Reportar erro

Conheça a a historia de Stephanny, uma batedora de açaí que sonha em conhecer uma festa de aparelhagem, porém é sempre impedida por sua madrasta e duas meia irmãs, que a obrigam a adulterar açaí e enganar a vizinhança, até que acontecimentos mágicos mudam o rumo da sua historia, enchendo a sua vida de muito brilho música e magia.
Encantada do Brega te leva para uma imersão nas cores e sons da periferia de Belém. Esse curta metragem é tão ritmado quanto as batidas das aparelhagem de som. Sendo um recorte da cena cultural paraense atual, é o primeiro musical de tecnomelody da história! Então, te segura porque a festa vai começar.

O elenco conta com a participação de personalidades paraenses, como Keila Gentil,Gaby Amarantos, Betty Dopazo, e web celebridades do momento, como Samara Castro, Leona Vingativa e Aleijada Hipócrita e o elenco do Com Farinha, e com a produção musical de William Love, produtor e integrante da banda Gang do Eletro.

Vencedor dos prêmios de Melhor Cartaz, Melhor Atuação (Paulo Colucci), Melhor Produção, Melhor Roteiro, Melhor Curta de Ficção e Melhor Filme no Juri Popular no Festival FUSCA 2014.

Curta a página do Facebook: https://www.facebook.com/EncantadaDoB…
Baixe as músicas do filme: https://soundcloud.com/EncantadaDoBrega

No links available
No downloads available

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

3 Comentários

  1. Gitá disse:

    lúdico e ritmado, como diz a sinopse; o curta segue uma linha sem cambaleios de roteiro. desde o início é evidente a proposta: envolver o espectador e convidá-lo, sem dar espaço para recusa, pr’uma aparelhagem cheia de movimento e despudor do chique. é válido pesquisar, para quem não conhece, as participações no musical: atentem aos bordões, variações linguísticas e outros detalhes que só acrescentam ao curta. os intertextos com contos de fada também enriquecem a obra e descaraterizam a atmosfera proposta originalmente. ainda dá pra arrumar uma brecha feminista no final! avante ao cinema independente! abraço e obrigado por isso 🙂

  2. Harife disse:

    Não canso de assistir esse vídeo. E sempre me racho de rir! Belém se projetando nacionalmente através do brega. E com uma dose de humor, e bote humor kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  3. Nonny disse:

    kkk eu ñ ria tanto desde o Auto Da Compadecida kkkkkkkkkkkkk

Você poderá gostar